frete grátis em compras para SP e RJ a partir de R$ 150

10% OFF com: PRIMEIRACOMPRA

O Que Tem Na Geladeira? Alimentação Vegana Com Liz Chollet

Liz Chollet é uma daquelas mulheres que nos inspiram a buscar uma alimentação (e estilo de vida!) mais saudável e consciente, sabe? Ela mora em Porto Alegre e é vegana há dois anos. Sua filosofia tem tudo a ver com a Oh Well – defende o equilíbrio.

“Acredito que comer bem é prazeroso. Cozinhar com amor, seja para si ou para os outros, é maravilhoso. Comer bem não significa só comer integral, saudável, sem isso ou aquilo – mas sim equilibrar, sem se privar, e sempre comer o que te faz bem, de uma maneira ou de outra.”, explica.

Nos destaques do Instagram você encontra temas diversos: alimentação vegana, reflexões, sustentabilidade, receitas, lixo zero, cosméticos vegan e moda consciente.

Tanta sinergia nos levou a convidá-la para participar da nossa série O Que Tem Na Geladeira. Espiamos sua geladeira e batemos um papo com ela sobre seus hábitos, dicas e truques para fazer as melhores escolhas na rotina. Aqui, ela também conta quais são suas fontes de proteínas favoritas, sua receita rápida para os dias de semana e seus curingas da cozinha.

Filosofia Alimentar em uma frase:

Acredito na alimentação como ato político e, com isso, busco consumir alimentos vindos da terra, na maior parte e quando possível opto por orgânicos e sempre com o menor impacto ambiental que eu puder gerar, seja em relação ao pouco uso de plástico, ao aproveitamento integral dos alimentos e por consumir local. Unindo todas essas escolhas, acredito que podemos transformar o mundo em um lugar melhor pra todos, incentivando a saúde, preservando o meio ambiente, apoiando os pequenos produtores e a libertação animal.

Indispensáveis na geladeira:

Alimentos práticos para o dia a dia! Frutas (banana, maçã, limão e laranja), legumes e verduras (alguns preferidos são batata, batata-doce, berinjela, abobrinha, pepino, cenoura, brócolis e repolho roxo) e folhas verdes como rúcula e couve. Além do abacate, que uso pra vários preparos!

Temperos e especiarias favoritos:

Pimenta do reino, tahine, salsinha, cebolinha, orégano, gergelim e manjericão.

Fontes de proteínas que mais gosta:

Grão de bico, tofu, feijão preto, lentilha e proteína de soja. Leguminosas tem meu amor!

Consciência alimentar: truque prático para evitar o desperdício?

Acho importante ir percebendo o quanto você come para comprar com consciência e sem exageros, assim os alimentos não irão estragar tão fácil e rápido! Consumir o alimento de maneira integral, aproveitando outras partes (como folhas, talos e cascas) para outros fins (como caldos!). E, claro, comprar na feira e a granel com sacolas retornáveis para não gerar lixo.

Criar um “cardápio” pode ajudar a lembrar o que você tem e a usar tudo!

Ingrediente que deixa tudo mais gostoso:

Cozinhar com amor! Ingredientes e temperos variam muito de cada preparo, porém acho indispensável cozinhar com carinho e autocuidado, percebendo o que combina com o que, o que você gosta mais e tendo consciência da sua alimentação.

Vegetal favorito e como gosta de preparar?

Difícil escolher um favorito! Mas, gosto muito de brócolis tanto pelo sabor quanto pela praticidade! Gosto de fazer ele assado ou cozido, de usar em molhos para massas, em pizzas, tortas salgadas e em saladas 🙂

Receita rápida para os dias de semana:

As receitas rápidas que mais faço são: proteína de soja com legumes ao molho de tomate; grãomelete recheado com abacate e tomate; aveioca; legumes assados com azeite e temperos; tofu mexido e tofu assado em cubinhos.

Basiquinhos: alimentos com o melhor custo benefício:

Grãos como feijão e grão de bico são baratos, rendem muito e podem ser transformados em várias receitinhas. Na feira, é bom pesquisar a safra do mês pois serão os alimentos mais em conta, mas normalmente compro moranga cabotiá, tomate, cenoura, repolho, abobrinha, berinjela, alface, banana e laranja.

Curingas da cozinha: o que você deixa pronto na geladeira para os dias corridos?

Sempre tenho feijão e burguer de alguma leguminosa (como grão de bico ou lentilha) congelados, assim vou descongelando. Na geladeira, tenho arroz e legumes assados ou cozidos, faço em quantias pequenas (para 2-3 dias) para não desperdiçar. E frutas, claro!

Dica para interpretar os rótulos de alimentos e escolher bem:

Acredito que priorizar alimentos que não venham embalados e não tem rótulos é a melhor coisa! Mas, também consumo alimentos industrializados e algo que mudou a minha maneira de ler rótulos foi saber que o primeiro ingrediente é o que predomina. Assim é bem mais fácil diferenciar um produto natural de verdade de outro que não é! Quanto menos ingredientes e nomes complicados, melhor! Opte pelo mais puro!

Ler rótulos e ingredientes pode até parecer estranho, mas nos gera autonomia em relação ao que estamos consumindo.

Doces ou indulgências que não abre mão:

Não abro mão do clássico chocolate em barra! Também amo hambúrguer, alguns snacks prontos e batata frita. São coisas que não abro mão pois acredito que não precisamos nos proibir de nada, apenas equilibrar a alimentação!

Favoritos sem lactose: 

Como vegana, não consumo lactose. Mas a receita originalmente com lactose que mais gosto de indicar é o pão desqueijo/pão de beijo vegano, que é muuuito parecido com pão de queijo! A receita está aqui no meu Instagram.

Parece, mas não é! Fuja de rótulos que contenham:

]Quando puder, é bom fugir de glutamato monossódico, ingredientes artificiais e com nomes muito confusos/difíceis (geralmente não é bom!)

Lugares preferidos para comprar saudável:

Feira (de preferência orgânica) e à granel! Em Porto Alegre: feira orgânica da redenção, feiras modelo e mercado público para compras à granel.

Comida que acalma. Sua comfort food:

Pipoca com melado! Poderia comer em todos os lanchinhos!