frete grátis em compras para SP e RJ a partir de R$ 150

10% OFF com: OHWELLCLUB

Viagem: Viva a Jamaica e suas experiências de glamour lendário

Se tem um destino que muito brasileiros consideram um tanto quanto exótico, é a Jamaica.

Essa que é a terceira maior ilha do Caribe e possui montanhas, florestas tropicais e praias de águas azul turquesa, pode até causar um certo estranhamento, mas basta aterrissar por lá para se encantar.

O povo é caloroso, gosta de receber bem os visitantes – afinal, eles sabem que grande parte da economia da ilha é gerada pelo turismo – e justifica o fato de estar na lista dos 25 Melhores Destinos do Mundo da Travelers’ Choice da TripAdvisor.

viagem para jamaica
Imagem: GettyImages

E falando em turismo – que é a minha especialidade – é importante saber que a maioria dos hotéis ficam em Montego Bay, conhecida por sua arquitetura colonial britânica, e Negril, famosa por ser um ótimo lugar para realizar mergulho e snorkeling.

A capital é Kingston, mas por não ser nem muito bonita e nem muito segura, atrai menos visitantes e os que se arriscam por lá vão mesmo para conhecer o museu do cantor de reggae Bob Marley. Ele é de longe o maior ídolo do país e símbolo mundial também e sua história se liga a de um grande amigo meu, e figura importante na Jamaica também: Chris Blackwell.

Nascido em Londres em 1937, passou seus primeiros anos em uma grande mansão na Jamaica, onde sua mãe administrava o negócio de rum da família. Depois de jovem, em Londres, Chris vendia discos em comunidades, até que nos anos 70, já na Jamaica, a sua produtora Island Records assinou álbuns de artistas de reggae como Lee “Scratch” Perry, Burning Spear e The Wailers. O icônico Bob Marley veio depois quando finalmente Chris colocou no mapa-múndi a simpática ilha do reggae. Depois que vendeu a Island Record ele entrou para a vida hoteleira, onde está até hoje.

goldeneye jamaica
Goldeneye, hotel na Jamaica

GoldenEye Resort

O Goldeneye, hotel de 52 hectares nasceu sob essa atmosfera, resguardando sua antiga história.

Foi ali, num quarto monástico com as persianas fechadas para a visão gloriosa da sua praia privada, que Ian Fleming escreveu o icônico romance James Bond. E dali da mesma Jamaica saiu a inspiração para a criação da personagem Pussy Galore, mãe de Chris Blackwell, cujo nome verdadeiro é Blanche Lindo. A inauguração do Goldeneye aconteceu em 2010 e desde então já recebeu Jude Law, Naomi Campbell, Kate Moss e outros amigos próximos de Chris. 

Considerado um refúgio para quem quer relaxar – para fazer o check-in não é necessário passaporte, o que torna tudo mais privativo – e não abre mão de sofisticação, o GoldenEye possui dois restaurantes e um bar que oferecem especialidades locais e frescas preparadas na tradição “soulful”.

goldeneye hotel na jamaica

É possível também fazer atividades diferentes na natureza como snorkeling, mergulho, caiaque, stand up paddle, pescaria, trekking, mountain bike, ioga, passeio de barco ou jet ski, visita a cachoeiras, cavalgadas, observação de tartarugas e nadar com golfinhos.

jamaica

Tina Lyra é o nome à frente da TL Portfolio, empresa de consultoria que representa hotéis e experiências de luxo ao redor do mundo.

0
minha sacola
ops, sua sacola ainda está vazia.escolher produtos