frete grátis em compras para SP e RJ a partir de R$ 150

10% OFF com: PRIMEIRACOMPRA

República Dominicana: primeiro destino após meses de confinamento

Costumo dizer que quanto mais a gente evita encarar o monstro que está lá fora, maior ele fica. E foi com essa ideia em mente que mesmo ainda vivendo uma pandemia no Brasil e contra a vontade de muita gente que resolvi fazer minha primeira viagem depois de 6 meses de confinamento. O destino? A República Dominicana.

Como tenho cidadania americana, apesar das fronteiras estarem fechadas para os brasileiros, consegui entrar nos Estados Unidos com toda a minha família. Parece até ruim falar isso, mas me senti uma celebridade, com o aeroporto praticamente exclusivo para nós. Passamos rapidamente pelo controle de imigração em Miami e seguimos direto para o meu hotel preferido na cidade, o EAST Miami, sobre o qual já escrevi aqui.

Depois de alguns dias por lá com toda a minha família (leia-se marido, filha de 12 anos e gêmeos de 2 anos) seguimos para o nosso destino final: a República Dominicana. O hotel escolhido para os nossos próximos 14 dias foi o Casa de Campo Resort & Villas, justamente porque ficamos hospedados em uma Villa enorme, o que nos passa maior sensação de garantia de nossa segurança em termos de isolamento social.

Oceanfront Villa

Diversas vezes eleito o melhor resort de golfe do Caribe, o Casa de Campo Resort & Villas tem 247 quartos, oito restaurantes, marina, centro equestre e três lindas praias exclusivas. Hospedados em uma Five Bedroom Classic Villa, que ocupa área de quase 945m2 e acomoda até dez pessoas, tínhamos a nossa disposição café da manhã preparado na casa, uma garrafa de champanhe Chandon, churrasqueira, sala de estar ao ar livre, sala de jantar e piscina privativa.

viagem republica dominicana

E falando em golfe e coronavírus, o que mais me impressionou na República Dominicana foram as medidas adotadas pelo país para incentivar a retomada do turismo. Por lá, se você não está portando o resultado de seus exames que apontam que você está livre da COVID 19, é possível fazer o exame logo na chegada, no próprio aeroporto. Além disso, se você contrair o vírus durante a viagem o país se responsabiliza por seu tratamento e te oferece hospedagem gratuita durante o período necessário de sua permanência no país.

O Casa de Campo também tomou suas providências e medidas de segurança para incentivar o turismo. O hotel investiu US$ 600 mil em equipamentos, implementação de protocolos, consultorias e no programa de segurança e saúde. “Fizemos investimentos importantes. Estamos desinfectando os tacos a cada vez que alguém usa. O mesmo vale para os carrinhos e as bolas na zona da prática. Nossas áreas desportivas são espaçosas, o que permite um distanciamento físico adequado”, disse Andres Pichardo Rosemberg, Presidente do Casa de Campo Resort and Villas, reaberto em julho.

Todas as medidas foram fiscalizadas por uma empresa de auditoria, que verifica se as medidas tomadas são adequadas no combate de doenças infecciosas. Além dos campos, as demais áreas do resort sofreram adaptações. Há medição de temperatura no check-in. Restaurantes e áreas comuns funcionam com metade da capacidade. 

Tina Lyra é o nome à frente da TL Portfolio, empresa de consultoria que representa hotéis e experiências de luxo ao redor do mundo.