frete grátis em compras para SP e RJ a partir de R$ 150

10% OFF com: OHWELLCLUB

Rotina: saiba porque ela é importante para o desenvolvimento das crianças

Rotina dos filhos

Imagem: GettyImages

Teria sido melhor voltares à mesma hora, disse a raposa. Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz. Quanto mais a hora for chegando, mais eu me sentirei feliz. Às quatro horas, então, estarei inquieta e agitada: descobrirei o preço da felicidade! Mas se tu vens a qualquer momento, nunca saberei a hora de preparar o coração… É preciso ritos. (Antoine de Saint-Exupéry em O Pequeno Príncipe)

Ritos, Ritmos e Rotina

Assim disse a sábia Raposa do clássico livro O Pequeno Príncipe, de Saint-Exupéry, e você talvez não se deu conta até agora como a sua vida adulta está cercada desses ritos que para nós também podem ser entendidos como a rotina do dia a dia.

Somos bastante influenciados pelos ritmos da natureza, como o dia e a noite, as estações do ano, nosso corpo possui ritmos como o da respiração, da produção hormonal. E para que eles servem? Servem para nos organizar, essa repetição proporciona ao adulto confiança, segurança e contribui para a própria saúde celular e mental.

Para um bebê que acaba de chegar ao nosso mundo, a rotina tem importância fundamental proporcionando segurança emocional. No sentido figurado, a rotina na infância se assemelha a uma cerca em uma horta, ela é fundamental para o bom crescimento e desenvolvimento de forma segura do que está cercando.

É de responsabilidade dos pais/cuidadores inserir o bebê nesse mundo através de uma rotina que estabelecerão para ele, observando primeiramente seu relógio biológico e o próprio ritmo da família, mas de alguma maneira estabelecendo desde sua chegada em casa uma rotina, com repetições coerentes, limites, flexibilidade e tudo que contempla uma rotina.

Pode dar a impressão que a rotina é algo maçante, uma repetição chata de ações, mas vestindo a camisa de pais/educadores precisamos olhar para as repetições com um olhar um pouco mais empático. Elas representam aos nossos filhos a primeira forma de organização.

É a partir daí que eles passam a se organizar mentalmente e nós queremos muito ajudá-los nesse aspecto, uma vez que já vivemos em um mundo repleto de informações e com certeza somos bem ativos em inundá-los com mais estímulos a cada minuto.

Alguns benefícios que a rotina proporciona são bem importantes para a construção do alicerce de uma criança. Veja alguns deles:

  • Sensação de previsibilidade: Essa sensação é fantástica para o bebê no início da sua vida, ela gera outra sensação importante que é a de certeza e de domínio sobre a vida que vão ser bem importantes para construir a autoestima e autoconfiança lá na frente.

Uma criança que tem essa sensação dentro de si ou mesmo um bebê que sente que vai ser atendido em suas necessidades básicas, manifesta-se de maneira mais calma. Por conta dessa previsibilidade em ter suas necessidades básicas atendida eles mostram-se mais abertos a explorar o mundo ao seu redor e aprender com ele.

  • Cuidador livre de apagar incêndios para observar amorosamente suas crianças. O cuidador que tem em mãos uma criança guiada por uma rotina não vive apagando incêndios.Justamente por esse motivo tem muito mais energia para lidar com imprevistos e mudanças de planos que venham a acontecer, porque o cuidado com crianças é sempre dinâmico, além é claro de poder ele mesmo decidir sair daquela rotina quando achar necessário.E aqui vale uma ressalva: a rotina não é uma prisão, mas sim uma maneira organizada de conduzir a vida, você pode e deve sair dela quando achar que lhe convém, e o seu bebê não deve sofrer com isso, porque também precisa aprender a desenvolver a habilidade de flexibilidade e saber mudar um pouco seus hábitos em dados momentos.Agindo de forma natural sem que isso seja um fardo muito pesado, cuidadores e crianças conseguirão transitar da rotina para a “escapadinha” dela de uma forma saudável para todos.
  • Sensação de perseverança e continuidade. Mais duas outras sensações que começamos a plantar a sementinha em nossos bebês já tão pequenos ao estabelecer uma rotina de cuidados, uma rotina de alimentação, uma rotina escolar, muitas vezes sem nem nos darmos conta. Olha que virtudes tão importantes estamos ajudando-os a cultivar: perseverança para atingir os seus objetivos futuros e continuidade para saber manter suas conquistas.

Método rápido, fácil e universal para criar rotina. Crie a sua!

O título chamou atenção, não é? Mas se tratando de crianças, não sinta-se mais atraído por um título como esse. É quase impossível existir algo nesse universo infantil que funcione de forma igual para todas as crianças, que seja de rápida aplicação para todas as famílias,  ou que seja aplicado da mesma forma para todos os bebês.

Quanto antes aprendermos que cada um dos nossos filhos é único, e seu desenvolvimento acompanha essa individualidade, melhor será para nós e para eles.

No entanto, existem sim algumas inspirações que podem ajudar se você se animou em criar uma rotina, nunca é tarde para isso:

  • Observe o seu filho e o estilo da sua família. É importante que você olhe com atenção para os sinais que o seu filho te dá sobre o seu desenvolvimento, sobre quais são as coisas que ele mais gosta de fazer durante o dia e quais são os momentos mais críticos das tarefas cotidianas.A rotina a ser criada vai ser sustentada por vocês, então precisa fazer total sentido para a sua família. Inspire-se em métodos reconhecidos, muitos foram criados por especialistas em primeira infância e testados por milhares de famílias, mas como sempre os use como inspiração e não como manual.
  • Coloque atenção aos ritmos e não se prenda aos horários. O segredo de uma rotina suave e eficaz é manter o ritmo dela, que significa se ater a ordem dos acontecimentos.Por exemplo: o banho acontece no final do dia, após o banho vem a última mamadeira e seguido a isso o sono da noite. A sequência de fatos ocorre sempre da mesma maneira todos os dias.Eventualmente pode acontecer do horário de uma dessas atividades precisar ser adiantado ou atrasado, mas o que vai manter a criança segura dentro de sua rotina é justamente essa permanência no ritmo de suas atividades cotidianas.
  • Rotina é algo adaptável. Principalmente nos primeiros anos da criança, é importante que você observe o desenvolvimento do seu filho para que a rotina estabelecida acompanhe as habilidades que ele está conquistando.
  • Crianças precisam de repetição para incorporar a rotina. Pais e cuidadores, tenham paciência sempre que forem aplicar algo novo para seus filhos. É natural que as crianças precisem de 03 a 10 dias de repetição para de fato incorporar um hábito na rotina.Durante esse processo, o que eles mais precisam é de adultos em sua rede de cuidados transmitindo segurança e tranquilidade para que elas possam passar por essa fase de adaptação. Por isso, mantenham-se calmos, não busquem atitudes perfeitas dos seus filhos e estejam ao lado deles em mais essa conquista de habilidades e autonomia.

Quer entrar em contato com a Nínive, psicanalista infantil? ninivecav@gmail.com e @connect_br no Instagram.

Mãe da Helena, psicanalista infantil, fascinada pelo universo kids muito antes de participar ativamente dele - na época só o marketing preenchia os meus dias de trabalho. O que sempre esteve presente na minha vida foi o interesse pelo conhecimento, uma coisa bem geminiana, não é? E isso sempre me fez conhecer um pouco sobre cada assunto e hoje me trouxe até aqui.

0
minha sacola
ops, sua sacola ainda está vazia.escolher produtos